Canais de venda online: 8 opções para a sua estratégia

Canais de venda online: 8 opções para a sua estratégia

A gente já abordou aqui a importância da venda online e por que investir nela é uma ótima decisão para impulsionar o seu negócio.

Hoje, você vai conhecer as particularidades e funcionamento dos principais canais de venda online disponíveis, além de ter acesso a dicas que vão te ajudar a escolher o mais eficiente para a sua empresa.

Uma decisão importante e estratégica , que pode impactar diretamente nos seus resultados. Afinal, ele é o meio pelo qual os clientes vão se relacionar com seu negócio.

Então, continue aqui com a gente. Neste conteúdo, você vai:

  • Entender o que são canais de venda online;
  • Conhecer mais detalhes sobre canais de venda online;
  • Saber mais sobre como escolher os canais mais efetivos para seu produto ou serviço.

O que são canais de venda online?

Resumidamente, um canal de venda online é o meio digital usado por uma empresa para levar seus produtos e serviços aos consumidores, ou seja, a mídia ou a plataforma que permitem que clientes e potenciais clientes tenham contato com o negócio.

Canais de venda online também funcionam como uma forma de publicidade para levar a marca ao público, mesmo que ele ainda não tenha intenção de compra. Por isso, a importância da escolha.

Confira, agora, os oito principais canais que separamos para ajudar você a desenvolver a sua estratégia de vendas.

1. E-commerce

O e-commerce nada mais é do que o comércio realizado pela web, ou seja, um mercado de lojas online vendendo para milhões de pessoas. A modalidade vem crescendo e conquistando novos compradores, de diferentes faixas etárias e perfis, atraídos pela praticidade do modelo.

Segundo estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce brasileiro deve movimentar R$ 106 bilhões em 2020, cifra que representa um crescimento de 18% sobre o ano anterior.

De forma simples, uma marca pode expor seus produtos e serviços em um site que o consumidor visita e realiza suas compras. Tudo isso em um ambiente seguro, com variadas formas de pagamento, diversidade de itens, disponibilidade 24 horas, rapidez e muita comodidade. Ou seja, trata-se de um processo realmente convidativo à compra. Por isso, os números crescentes.

E as vantagens não são apenas para que compra. No e-commerce, empreendedores têm a chance de iniciar um negócio rapidamente e com pouco investimento.

2. Marketplace

Essa também é outra modalidade de venda online com grande potencial de crescimento.

O marketplace funciona como uma espécie de shopping online que reúne e expõe diferentes produtos e marcas, fazendo a ponte entre quem compra e quem vende.

Um dos pontos fortes do modelo é o poder de alcance. Optar por ele é ter a certeza de que seu produto será visto por um mais pessoas, uma vez que estará presente em grandes canais de venda, que já contam com reputação no mercado digital.

Tudo isso favorece o seu negócio, que passa a ser visto com confiabilidade aos olhos do público.

Além disso, muitos consumidores têm preferência pelo marketplace porque podem visualizar vários produtos e comparar preços de uma só vez e, ainda, fechar a compra em um carrinho único, mesmo que adquira produtos de marcas diferentes.

Sendo assim, trata-se de uma ótima ferramenta para escalar as suas vendas e garantir autoridade para a sua marca.

Vale ressaltar outro ponto: em um marketplace, você não precisa se preocupar com tantas burocracias.

Basta apenas realizar o processo de cadastro e atividades estratégicas do seu negócio. Isso porque o intermédio de pagamentos e outras questões técnicas ficam por conta do marketplace.

Conheça aqui os principais marketplaces do food service!

principais canais de venda online disponíveis no mercado

3. Redes Sociais

Foi-se o tempo em que redes sociais eram espaços reservados a relacionamento e entretenimento. Hoje, elas se transformaram em poderosas ferramentas de negócio, que vêm apresentando bom desempenho e excelentes resultados de vendas.

Instagram

Além da boa audiência, redes sociais como o Instagram já contam com ferramentas diretas para compra, o que facilita muito a conversão (e a vida do consumidor!).

Você pode mostrar valores de cada produto nas próprias fotos e inserir links que redirecionam o consumidor para a página de checkout do produto, encurtando o processo de compra. Apenas um clique e pronto!

Facebook

No Facebook, você pode criar uma página para a sua empresa com a descrição do seu negócio. Nela, além de divulgar o que você comercializa, também é possível integrar seu site, criar botões de chamada para uma ação, impulsionar publicações e criar anúncios.

Além disso, o Facebook também conta com um marketplace próprio, que permite que pessoas e marcas vendam e comprem itens. A ferramenta atinge potenciais compradores que estão na região onde sua empresa atua.

4. Google Ads

O Google Ads é a plataforma de anúncios do Google, que permite que você crie e gerencie campanhas de publicidade para seus produtos e serviços.

É por meio dessa ferramenta que links patrocinados são exibidos quando alguém realiza uma busca por alguma palavra-chave específica.

E, para que seus anúncios atinjam o público ideal e entreguem o que o consumidor realmente busca, a plataforma conta com muitos recursos. Se usados de forma estratégica, tendem a gerar muitas conversões.

Além disso, no Google Ads você também consegue saber se as pessoas clicaram no seu anúncio. O que pode te ajudar a identificar onde investir na sua campanha e, assim, aumentar o retorno de investimento (ROI).

O Ads conta com duas categorias de anúncio: Rede de Display e Rede de Pesquisa. Na primeira, seus produtos são anunciados em áreas estratégicas, dentro de banners e carrosséis em páginas populares da internet. Já a rede de pesquisa permite que os produtos do seu site estejam nos primeiros resultados da pesquisa do Google.

5. Google Shopping

Lançado em 2011, o Google Shopping é uma vitrine virtual das lojas cadastradas, uma espécie de shopping online.

Na plataforma, os consumidores encontram produtos relevantes à consulta realizada, juntamente às lojas anunciantes. Também tem fotos e até reviews do item, que são feito por outros usuários.

Tudo isso permite que usuários comparem os preços, consulte opiniões e informações dos produtos que procuram.

A plataforma pode ser comparado a outros sites como Buscapé e Zoom. A diferença é que o Google Shopping está integrado diretamente aos resultados de pesquisa do Google.

6. E-mail marketing

Pelo baixo investimento, alto poder de alcance e possibilidade de mensuração da eficácia, o e-mail marketing se tornou uma estratégia digital importante e eficaz e um dos canais que apresenta melhor retorno financeiro, quando falamos de Marketing Digital.

Uma das maneiras de educar seus leads para que eles formem uma ideia mais completa do que precisam e procurem sua empresa é nutri-los com conteúdos segmentados, de acordo com o estágio do funil de vendas em que se encontram.

O e-mail marketing tem papel fundamental para tornar essa jornada mais fácil e gerar conversões.

A partir do momento em que esse usuário já está pronto, conhece a sua marca e produto e está decidido a efetuar a compra, os e-mails passam a ter uma abordagem mais direta, com contatos e links que direcionam para o fechamento do negócio.

Por oferecer o conteúdo certo, no momento certo, o e-mail marketing ajuda os leads a se decidirem mais rapidamente sobre a compra e torna o funil de vendas mais ágil e eficaz.

7. Grupo de afiliados

Afiliados são pessoas que vendem produtos e serviços de terceiros em seu site e redes sociais. O pagamento para essa venda, normalmente, é feito por meio de comissões.

O programa é indicado para empreendimentos digitais, com baixo investimento e que ainda não tem muita relevância no mercado. Escolhendo bons filiados, é possível alcançar boa visibilidade.

8. Whatsapp business

O aplicativo de mensagens que revolucionou a nossa maneira de comunicar também tem sido usado por muitas empresas como canal de venda online.

A ferramenta conta com uma versão empresarial, o whatsapp business, que pode ser associado a um telefone fixo, conta com uma série de funcionalidades para te ajudar a vender mais, além de uma infinidade de possibilidades de uso para comunicação com os clientes.

Você pode, entre muitas outras possibilidades, enviar lembretes e compromissos, alertas de envio, notificações de pedidos, vídeos de demonstração de produtos e mensagens de suporte.

Alguns desses recursos especiais são a possibilidade de definir respostas rápidas e obter estatísticas sobre mensagens enviadas, entregues e lidas.

Além disso, o aplicativo também permite a criação de etiquetas para classificar os seus contatos. Sendo assim, você poderá, por exemplo, categorizar suas conversas de acordo com o status do negócio.

Outro ponto interessante é a possibilidade de integração entre a ferramenta e o CRM usado na sua empresa. Isso garantirá, por exemplo, que os contatos salvos no CRM possam ser instantaneamente acessados no WhatsApp.

Com o Whatsapp business, a interação na comunicação é mais forte e a mensagem tem maior chance de ser recebida, já que se trata de um dos apps de comunicação mais utilizado do pais. Por isso, muitas empresas têm adotado a ferramenta.

Como escolher os melhores canais de venda online para o seu negócio?

Agora que você entendeu como funciona cada um dos principais canais de venda online, fica mais fácil escolher o que é melhor para o seu negócio.

E vale lembrar que não é necessário optar por apenas um deles. A estratégia de multicanal pode funcionar bem para expandir o público atingido.

Mas, para que essa escolha seja assertiva, lembre-se de dois dos principais fatores. O primeiro é analisar o tipo de produto ou serviço que a sua empresa comercializa.

O segundo é conhecer e entender as personas do seu negócio. Saber mais sobre comportamentos e características delas vão ajudar a sua empresa a decidir em quais canais suas ações atingirão um volume maior de possíveis compradores.

Com tudo isso em mãos, é hora de impulsionar as vendas e obter sucesso.

E aí, quais canais de venda a sua empresa já utiliza ou pretende trabalhar futuramente? Sentiu falta de algum na nossa lista? Compartilha com a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *