Educação corporativa e tecnologia: impactos e benefícios

Educação corporativa e tecnologia: impactos e benefícios

No episódio de hoje, o papo é sobre educação corporativa e tecnologia! Para falar sobre o tema, Leonardo Almeida recebe os convidados Ricardo Katayama (Rico), co-founder da Skore, e Felipe Varejão, head de vendas da empresa, em mais um Menucast.

A Skore, criada em 2015, é uma plataforma de digital-learning, que se conecta ao fluxo de trabalho dos colaboradores. A tecnologia foi desenvolvida para se adaptar às necessidades únicas de cada organização e, dessa forma, permitir a construção de diversas experiências de aprendizado

A solução se baseia em algoritmos e inteligência artificial, o que permite entender as lacunas de desenvolvimento de cada indivíduo e, assim, de acordo com essa demanda, recomendar o conteúdo certo, no canal mais adequado. Essa individualização é, para eles, um dos pontos-chave quando se pensa no futuro da educação.

Para entender melhor sobre o método, Rico e Varejão citam exemplos práticos de como isso se desdobra no dia a dia das organizações. Eles também destacam alguns cases de sucessos da Skore, além de dar dicas para empreendedores que têm interesse em implantar a plataforma em suas empresas.

Abundância de conteúdo digital

O conteúdo digital vem se multiplicando cada vez mais rápido. Imagine uma pilha de iPads com altura igual a 6,6 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

É o que teríamos se todo o conteúdo digital do planeta — filmes, livros, músicas, documentos e dados computacionais — fosse armazenado nesses tablets, de acordo com estudo elaborado pela IDC para a EMC. O acesso à informação tem se tornado cada vez mais fácil, graças à evolução da tecnologia. 

Por isso, a gestão desse conhecimento também entra em pauta no episódio. Rico fala sobre o desafio de entender e saber selecionar o que, dentro dessa vasta gama de conteúdo, é bom para cada um dos colaboradores e o que deveria, de fato, ser consumido.

Cases de sucesso de educação corporativa e tecnologia

Um dos cases de sucesso citados, por exemplo, envolve o uso de chatbots para análise de performance de vendedores e entrega de conteúdos ricos e úteis para, assim, ajudá-los a bater as metas da empresa. 

Fontes de informação

Tem ainda recomendações de boas fontes de conteúdo. O mais importante, para eles, é que haja um pluralismo. Por isso, as dicas vão desde livros técnicos a obras de ficção, passando por sites como o Medium e Stratechery, até Stand Up. Então, não dá pra perder!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *